Sala de Imprensa

Bem-vindo à Sala de Imprensa da Solvay, uma sala virtual​,​ que lhe dá acesso a informação institucional ​sobre a Solvay em Portugal e o grupo Solvay.

Solvay Peróxidos ganha estatuto ‘Gold’ graças ao seu desempenho ambiental

2 Fev, 2021

Imagem_SPP estatuto Gold

A unidade de produção de água oxigenada da Póvoa, que desde o início de Janeiro passou a operar sob a denominação Solvay Peróxidos Portugal, voltou a ter um excelente desempenho ambiental em 2020. Os resultados apurados através da Operação Fábrica Limpa (Clean Plant Operation - CPO) posicionam agora a fábrica portuguesa no nível ‘Gold’, juntamente com outras cinco instalações da Solvay Peroxides no mundo.

Duas unidades em particular, a Póvoa e Zhenjiang (China), conseguiram manter o programa CPO como prioridade mesmo num ano muito exigente, já que ambas foram responsáveis pela execução de importantes projectos ao mesmo tempo que enfrentavam a COVID-19.

“A equipa da Póvoa está muito empenhada na iniciativa CPO e merece, de facto, parabéns pelo excelente trabalho realizado ao longo do tempo”, sublinha Teresa Nabais, directora da fábrica.
“Todos reconhecemos os benefícios de se reduzir a pegada ambiental, a produção de resíduos orgânicos e os custos. Por isso, este estatuto ‘Gold’ representa não só um reconhecimento da GBU, mas também um desafio adicional para continuarmos a trabalhar com qualidade, exigência e rigor”, acrescenta a mesma dirigente.

Baseado no conceito de fábrica limpa ou eco-amigável, o programa CPO visa reduzir e mitigar o impacto dos resíduos orgânicos resultantes da actividade industrial.
“Esta abordagem proactiva permitiu controlar a geração de subprodutos inúteis ao processo produtivo e caminhar no sentido da sua optimização. Adoptaram-se práticas de trabalho preventivas, que solucionam potenciais problemas logo na origem. Por exemplo, garantir que os fluidos líquidos permaneçam no interior dos devidos equipamentos”, explica o colega Nuno Martins, Engenheiro de Processo e Champion CPO na Póvoa.

A Operação Fábrica Limpa, lançada em 2015, aplica o conceito de Economia Circular e pretende reduzir drasticamente a produção de resíduos orgânicos, não admitindo nem desperdícios nem fugas, nas unidades de produtos peroxidados do Grupo. O programa CPO funciona, assim, como indicador específico de Desenvolvimento Sustentável da GBU Peróxidos.